Campanha de pós-venda e fidelização: como usar o e-mail marketing?

Quem já está há algum tempo no mercado sabe que atrair um consumidor exige muito trabalho. Com a concorrência cada vez mais acirrada, os negócios precisam empregar um grande esforço para chamar a atenção do público para suas marcas, despertar interesse pelo produto, conquistar a confiança e realizar a venda. Porém, se a empresa não adota uma boa prática no pós-venda, todo esse investimento pode ser perdido.

Se você não quer que isso aconteça com seu negócio, não perca este post! Vamos falar sobre como usar o e-mail marketing para fidelizar clientes, mantê-los engajados com a marca e aumentar seu faturamento. Confira!

Pós-venda: uma etapa importante do funil de vendas

Para surpresa de muitos, a jornada de compras do consumidor não termina no momento em que ele fecha o contrato ou adquire o produto. Na verdade, as ações da empresa no pós-venda são decisivas: o cliente pode se decepcionar com a marca, tornar-se indiferente a ela ou se encantar e até se converter em um promotor.

Encantar o cliente no pós-venda traz vários benefícios para o negócio, como você verá nos tópicos a seguir!

  • retenção de clientes: o consumidor não compra somente um produto. Ele gosta tanto da qualidade e atendimento que volta outras vezes. Essa é uma maneira de manter boas vendas sem ter que “matar um leão por dia”;
  • aumento do ROI e LTV: ao se tornar um consumidor frequente, esse cliente gasta um valor maior no seu negócio, somando todas as interações. Assim, ele aumenta o Lifetime Value (LTV) e o retorno sobre o investimento realizado na sua campanha de marketing;
  • geração de receita: além do aumento do LTV, esse consumidor fidelizado tem uma confiança maior na sua marca. Por isso, ele provavelmente estará mais sujeito a aceitar sugestões de compras e ofertas, contribuindo para um faturamento maior;
  • promoção da marca: consumidores satisfeitos falam bem do seu negócio para os amigos deles. Esse boca a boca é uma propaganda gratuita para sua empresa, ampliando sua base sem aumentar o custo de aquisição de clientes;
  • vantagem competitiva: se a sua empresa gasta menos com marketing devido à fidelização e ao boca a boca, ela pode repassar essa economia ao valor final dos produtos. Assim, você pode tornar seus preços mais competitivos sem sacrificar sua margem de lucro.

Por todas essas razões, entende-se que uma boa política de pós-venda é muito importante para o crescimento e saúde financeira de um negócio. Ela reduz custos ao mesmo tempo em que amplia a base de clientes, garantindo uma lucratividade maior.

E-mail marketing: estratégia eficiente de fidelização

Depois de entender a importância de fidelizar o cliente com suas ações pós-venda, é essencial saber como fazer isso. O e-mail marketing é uma estratégia eficiente de relacionamento, pois conversa individualmente com a pessoa e favorece a interação Por isso, vamos falar agora sobre como criar uma campanha de e-mail marketing focada no pós-venda. Acompanhe!

1. Mantenha o consumidor de olho na entrega

Sempre que o consumidor compra um produto que precisa de entrega, seja em uma loja física, seja no e-commerce, ele cria uma expectativa. Por isso, é muito importante mantê-lo informado sobre as etapas de processamento do pedido — aprovação do pagamento, faturamento, separação do produto, entrega à transportadora e previsão de entrega.

Usar o e-mail marketing para comunicar cada uma dessas etapas aplaca a ansiedade do consumidor e, ao mesmo tempo, cria uma expectativa positiva. O comprador desenvolve a confiança de que o processo está acontecendo da forma esperada, mas sua emoção em relação à compra não tem a oportunidade de “esfriar”.

2. Faça pesquisas de satisfação

Quando sua empresa envia um e-mail pedindo a opinião do consumidor, ela demonstra interesse em melhorar seu atendimento e cria uma imagem positiva. Procure solicitar uma avaliação sobre o produto, experiência no site ou na loja, pontualidade da entrega e outros itens pertinentes. Porém, tome alguns cuidados. Faça uma pesquisa abrangente, mas que não seja longa demais. A maioria das pessoas não tem disposição para preencher formulários muito extensos.

Outro cuidado importante é focar em questões com alternativas para o cliente marcar. Você pode deixar um espaço para observações escritas, mas o preenchimento delas deve ser opcional.

Está gostando? Cadastre-se para receber mais postagens legais como esta!
Receba por e-mail atualizações do blog, novidades e ofertas.

3. Mostre como obter o máximo do produto

Nem sempre o consumidor que compra um produto sabe usar todos os recursos dele. Um bom exemplo são os eletrônicos — pouca gente explora funções extremamente interessantes de smartphones, smart TVs e outros dispositivos semelhantes.

Porém, se o consumidor não consegue usar todos esses recursos, com o tempo ele pode achar que não valeu tanto a pena ter comprado um produto mais caro. Quando o seu e-mail marketing traz dicas para explorar essas possibilidades, o cliente se torna cada vez mais satisfeito com o produto e com a marca.

4. Forneça conteúdo rico e relevante

Seu público-alvo tem uma série de necessidades e algumas delas podem ser inferidas a partir da compra que ele fez. Quem adquire um curso de pós-graduação, por exemplo, muitas vezes está buscando novas oportunidades de carreira ou tentando se tornar um profissional diferenciado.

Então, aproveite seu e-mail marketing na pós-venda para trazer um conteúdo valioso, que o ajude a alcançar seus objetivos. Essa é a principal forma de encantar o cliente e evitar o aumento da temida taxa de cancelamento.

5. Torne a recompra vantajosa

Finalmente, depois de todo esse relacionamento, sua empresa pode aproveitar o e-mail marketing para oferecer novos produtos e serviços. Afinal, se todas essas dicas foram seguidas, agora o cliente confia plenamente na sua marca e está disposto a realizar uma nova compra.

Essa estratégia será ainda mais eficaz se trouxer vantagens para o consumidor. Ele pode ter um desconto por não ser a primeira compra ou ainda obter algum benefício por indicar o produto a um amigo. De qualquer forma, ele precisa se sentir especial e acreditar que o relacionamento com a sua empresa valeu a pena.

As empresas que negligenciam as campanhas de pós-venda estão, infelizmente, dando um tiro no próprio pé. Elas perdem uma boa parte do investimento que fizeram em marketing, bem como a oportunidade de engajar o cliente e realizar novas vendas, aumentando seu retorno e faturamento.

Quer saber mais sobre a importância de interagir com o cliente e mantê-lo engajado com a sua marca? Continue aqui no blog e descubra o poder do marketing de relacionamento digital. O post está imperdível!

Avalie este artigo:
Campanha de pós-venda e fidelização: como usar o e-mail marketing?
5 (100%) 1 voto

ATUALIZAÇÕES GRÁTIS

Cadastre-se abaixo para receber no seu e-mail artigos legais como este!

Gostou? Compartilhe:

Deixe seu comentário!

Atendimento online