Como o marketplace pode aumentar as vendas do seu e-commerce?

//Como o marketplace pode aumentar as vendas do seu e-commerce?

Como o marketplace pode aumentar as vendas do seu e-commerce?

O marketplace não é uma novidade no Brasil, porém, alguns comerciantes ainda ficam em dúvida na hora de decidir se disponibilizam ou não seus produtos nesse espaço. Um dos receios é que atrapalhe o desempenho do e-commerce. Contudo, a realidade é que marketplace e e-commerce unidos podem alavancar o seu número de vendas e auxiliar bastante os pequenos e médios empreendedores.

Se você também tem certas inseguranças em relação a esse modelo de negócio, agora é o momento de acabar com elas! Neste artigo, mostraremos o que é esse espaço, como ele funciona e porque ajuda na atração de novos clientes. Além disso, ajudaremos você a saber qual é o melhor marketplace para anunciar as peças de sua empresa.

O que é marketplace?

É como um shopping virtual, no qual diversas marcas exibem e vendem seus produtos. Ele pode ter mercadorias próprias, mas lá você encontra artigos de várias lojas e de segmentos distintos. A ideia é a mesma de um centro comercial: ter uma grande variedade de opções e chamar a atenção de quem entrou lá. Se essa pessoa entrou só para dar uma olhada ou comprar um item, o plano é que ela veja outras oportunidades e compre mais objetos.

Como funciona?

Para participar, é preciso cadastrar seu e-commerce e seus produtos. Depois de aceito, eles já começam a aparecer para os usuários de acordo com as buscas deles. Cuidar da estrutura da plataforma, como o layout, os meios de navegação e o desenvolvimento são deveres do marketplace.

Ele também é responsável por mostrar as ofertas que o consumidor procura, mas a entrega é tarefa da empresa que fez a venda. Por exemplo, se alguém adquire uma camiseta da sua marca em um shopping online, o recebimento da roupa é obrigação da sua instituição.

Um ponto que você deve prestar atenção é a cobrança de taxas. A comissão cobrada sobre as vendas pode ir de 9,5% a 30%. O valor depende do nível de divulgação de sua loja na plataforma. Pense nesse investimento, no custo de produção, faça as contas e veja se o modelo compensa para o seu negócio. No próximo tópico, mostraremos quais são as vantagens de fazer parte de um desses shoppings virtuais!

Por que é uma boa opção juntar marketplace e e-commerce?

Foi dito que o primeiro alavanca as vendas de sua loja virtual, mas como isso acontece? Vamos mostrar a seguir quais são as outras vantagens que a plataforma traz que auxiliam no seu lucro. Contudo, não se esqueça que seus concorrentes provavelmente também estarão lá e o preço e a qualidade contam muito na hora da decisão de compra do consumidor. Sendo assim, capriche na apresentação dos produtos, tenha preços competitivos e não cobre uma taxa muito elevada de frete.

Aumenta a visibilidade do seu negócio

Geralmente, por terem uma gama imensa de lojas registradas, esses sites têm muitos acessos por mês. Ao exibir suas mercadorias lá, mais pessoas entrarão em contato com sua empresa, independentemente do tamanho dela. Isso é positivo, porque assim você poderá conquistar mais clientes e até mesmo desenvolver novos serviços para acolher esse público diferente.


Exige baixo investimento

Apesar de haver a comissão sobre as vendas, o ganho para o e-commerce costuma ser maior e vale a pena se cadastrar no site. Além disso, ele investe em marketing digital e propagandas que você acaba aproveitando, mesmo sem fazer diretamente um plano de mídia. Se sua empresa fosse arcar com esses custos e buscar o reconhecimento que a plataforma dá, a conta sairia bem mais cara.

Dá credibilidade

Os shoppings virtuais são enormes e já têm um nome consolidado no mercado. Ao se aliar a eles, o seu negócio passa a ser bem-visto também e ganha a confiança dos usuários, o que talvez não acontecesse só com um e-commerce pequeno ou de tamanho médio. Se a credibilidade continuar depois da entrega, ou seja, se tudo ocorrer bem com o pedido e o consumidor ficar satisfeito, você terá fidelizado um cliente e isso é tão importante quanto conseguir novos.

Como escolher marketplaces para seu e-commerce?

Utilizar plataformas que reúnem diversas empresas em um mesmo espaço é muito conveniente para o comprador, porque dessa forma ele é capaz de adquirir itens de lojas diferentes em um mesmo local e pagando uma vez só. Como foi dito, para o proprietário de um e-commerce essa estratégia é igualmente benéfica. Contudo, ele deve escolher bem em qual shopping online disponibilizar suas mercadorias, se não o resultado será diferente do esperado.

Há algumas táticas para saber qual é o melhor lugar para os seus produtos. O primeiro e principal ponto que você deve se preocupar é: achar um marketplace que tenha o mesmo público-alvo que sua empresa. Embora o site disponibilize serviços de vários setores, existe um perfil de pessoa que costuma acessar aquele endereço e ele precisa se encaixar com sua marca. Do contrário, a visibilidade não surtirá efeito em suas vendas.

Em seguida, procure saber sobre o marketplace em questão. Não somente os termos e condições, mas qual é a reputação dele no comércio, veja o layout, se a navegação nas páginas é simples e de fácil acesso. Se algum dos itens for negativo, talvez não seja uma boa ideia se associar a ele. 

Se sua busca for boa, possivelmente você desejará se cadastrar em mais de um. Isso é ruim? De maneira nenhuma. Ao se aliar com dois ou mais deles, você atingirá outros indivíduos ou o mesmo de novo. Assim, sua instituição ficará na cabeça dele juntamente aos grandes nomes dos marketplaces. Ele terá uma memória positiva da sua marca, o que pode ser decisivo no momento da compra!

Entretanto, lembre-se: sua demanda seguramente vai aumentar depois que você se inscrever nas plataformas. Sendo assim, certifique-se que você tem funcionários suficientes para lidar com os novos pedidos e que tudo será entregue da maneira correta aos consumidores. Afinal, ninguém quer avaliações ruins na internet! Se utilizado da forma correta, o marketplace juntamente ao e-commerce pode auxiliar bastante suas vendas. 

Para saber mais sobre marketing e vendas online, siga a @MediaPost no Facebook, Instagram.

2019-12-03T10:36:53+00:00By |Dicas e truques|0 Comentários

Sobre o Autor:

Analista de Marketing e Copywriter PRO, é especialista em conteúdo de funil para e-mail marketing e estrategista de SEO com foco em persuasão e influência.

Deixar Um Comentário

Atendimento online