Assuntos de email INFALÍVEIS – Os 10 mandamentos!

m dos maiores esforços para quem trabalha com newsletter é encontrar assuntos de e-mail ideais, que rendam uma boa taxa de abertura de mensagens. Afinal, para quem quer vender através de e-mails, a taxa de abertura é um dos aspectos mais importantes.

Nenhum outro elemento do e-mail marketing importa tanto quanto o seu assunto. Sem um bom assunto, a taxa de abertura despenca. E, se ninguém abre sua mensagem, ela é inútil, apenas mais um ruído enviado pela Internet.

É por isso que você precisa investir o máximo de tempo e esforço possível para criar o assunto de e-mail perfeito para cada mensagem que enviar. Para ajudar você nessa tarefa, listamos aqui algumas dicas essenciais para que você possa aprender a criar o assunto ideal para seus e-mails. Confira:

1. Use assuntos curtos

Evite utilizar assuntos muito longos nos seus e-mails. A caixa de entrada de um consumidor padrão é lotada: para se ter uma ideia, nos EUA, mais de 269 bilhões de mensagens eletrônicas são enviadas diariamente, e um funcionário de escritório padrão recebe em média 121 e-mails por dia.

Nesse mar de informação, quanto menos tempo do usuário você desperdiçar, mais atenção ele oferecerá e maior a probabilidade de ele abrir seu e-mail. Portanto, prefira assuntos de e-mail curtos.

O ideal é escrever um assunto entre 20 e 41 caracteres.

Abaixo estão um exemplo a evitar e um bom assunto de e-mail. Veja se você consegue identificar qual é o bom e qual o ruim:

  • “Apartamentos para alugar ou comprar em São Paulo e região, com ótimos preços, clique para conferir!”
  • “O seu novo lar está te esperando!”

2. Esqueça a CAIXA ALTA

Uma das regras de etiqueta digital mais ignoradas pelas pessoas é o uso da Caixa Alta. Existem regras e condições para utilizar a Caixa Alta quando escrever algo e, normalmente, essas regras não se aplicam ao envio de uma newsletter.

Usar Caixa Alta na Internet dá a impressão de que você está gritando e isso costuma afastar as pessoas. Pense em alguém falando no celular dentro do cinema: é a mesma sensação. Para quem quer fazer negócios, então, o uso da Caixa Alta é extremamente nocivo, pois tira toda a credibilidade da pessoa.

Uma notável exceção para o uso da Caixa Alta está na tentativa de dar ênfase em alguma palavra do assunto. Mesmo assim, utilize esse recurso com extrema cautela para não parecer deselegante.

Para entender essa informação na prática, veja esses dois exemplos de assuntos de e-mail de uma imobiliária e avalie qual funciona melhor e passa mais credibilidade:

  • “NEGÓCIO IMPERDÍVEL – CASA PRÓPRIA COM FGTS DE ENTRADA E FINANCIAMENTO EM 30 ANOS”;
  • “Posso ajudá-lo a obter a casa própria?”

3. Tome cuidado com a pontuação

Da mesma forma que o uso da Caixa Alta é deselegante e mina a credibilidade do seu e-mail para o consumidor, o excesso (ou a ausência) de pontuação fará a mesma coisa.

Um assunto com três pontos de exclamação ou de interrogação, por exemplo, transmite falta de profissionalismo e garante que o e-mail será deletado sem maiores considerações.

Por isso, evite colocar pontuação em excesso no assunto do e-mail que enviar.

4. Personalize os assuntos de e-mail

Você sabia que e-mails com um assunto personalizado possuem 26% mais chances de serem abertos?

Existem várias maneiras de personalizar o assunto de e-mail para aumentar as chances de abertura. A mais conhecida é falar diretamente com o usuário que receberá a mensagem, citando-o pelo nome.

Veja um exemplo:

  • “Encontrei sua casa nova, [Nome do contato]!”

Essa forma cria uma intimidade e uma conexão com o usuário, que o deixa mais disposto a ver o que você tem a falar.

Outra maneira é personalizar o título com base em dados ou no comportamento de quem receberá a mensagem. Por exemplo, imagine que você mandará e-mails para um público do Rio de Janeiro e outro de São Paulo. É possível personalizar o assunto assim:

  • “Achei o apê ideal pra você na Vila Madalena”;
  • “Tenho uma oportunidade exclusiva pra você no Leblon!”

5. Explore caracteres especiais

Muitas vezes, a diferença entre abrir ou não um e-mail é enxergá-lo. Quer um exemplo? Faça este pequeno teste:

Abra sua caixa de e-mails neste momento. É possível que você tenha algumas mensagens de empresas tentando falar com você. Existe algo em especial que destaque uma delas?

A resposta é, provavelmente, não: todas essas mensagens perdem um pouco de força e é provável que você acabe deletando todas sem ler.

Por isso, você precisa despertar a atenção do destinatário logo no assunto do e-mail para aumentar suas chances de abertura. Uma boa forma de fazer isso é através de caracteres especiais ou emojis.

Esse tipo de recurso com certeza chamará atenção e destacará seu e-mail da concorrência. Mas atenção: use esses emojis ou caracteres com moderação, para não saturar o destinatário e remover a relevância do recurso.

Confira alguns bons caracteres para utilizar:

  • ❤ ✿ ✪ ♫ ☻ ✔

6. Crie um senso de urgência

O que leva um destinatário a abrir um e-mail comercial é a perspectiva de algum ganho pessoal. É quase como se, inconscientemente, cada pessoa se perguntasse “Vou ganhar algo com esse e-mail?”.

O conceito de ganhar algo, porém, não é escrito em pedra. A sensação de “sair no lucro” ou “no prejuízo” depende do contexto. Por exemplo, ganhar um desconto de 20% num produto é muito bom, mas deixar de ganhar 40% de desconto para ganhar 20% não é tão bom assim.

Uma das sensações que interferem de maneira mais poderosa nessa percepção de ganhar ou perder algo é a urgência. Quanto menor a janela de oportunidade para ganhar alguma coisa, mais tentador é esse prêmio.

Por isso, crie um senso de urgência no assunto do seu e-mail para aumentar sua taxa de abertura. Confira um bom exemplo dessa técnica:

  • “Só mais 10 minutos com 30% OFF”
Está gostando? Cadastre-se para receber mais postagens legais como esta!
Receba por e-mail atualizações do blog, novidades e ofertas.

7. Fuja de palavras comerciais

Como vimos no começo deste texto, são mais de 269 bilhões de e-mails enviados pelo mundo diariamente – mais de 98 trilhões de envios por ano.

Com tantas mensagens indo e vindo, era de se esperar que alguns termos começassem a se repetir excessivamente. E a repetição criou um senso de fadiga nos usuários, que passaram a ignorar certos termos.

Esses termos comerciais acabaram se tornando, de certa forma, proibidos. Tão “proibidos” que muitos servidores de e-mails atribuem uma pontuação negativa para quem envia mensagens com essas palavras — o que pode até mesmo levar sua mensagem para a Caixa de SPAM.

Confira alguns dos termos comerciais proibidos:

  • Agora/já –  grátis –  Frete grátis –  A partir de
  • Apenas – Imperdível –  Promoção –  Desconto

8. Utilize números e porcentagens

Uma boa maneira de chamar a atenção do seu destinatário e convencê-lo a abrir seu e-mail ainda no assunto é através do apelo para o seu raciocínio lógico. Como já vimos neste artigo, uma caixa de e-mails lotada pode criar uma barreira de atenção na cabeça do usuário. É normal, pode acontecer com qualquer um de nós.

Porém, quando jogamos um número no meio das palavras, especialmente uma porcentagem ou um número em forma de lista, estamos chamando o raciocínio lógico do usuário para conversar, o que exige mais atenção e foco por parte da pessoa.

Essa técnica pode aumentar bastante sua taxa de abertura. Veja alguns exemplos:

  • “4 apartamentos para se mudar amanhã”;
  • “Casas com entrada a partir de R$ 30 mil”

9. Estimule a curiosidade

Uma das melhores formas de praticamente garantir a abertura de um e-mail enviado para uma lista de contatos é através do estímulo à curiosidade.

Utilize assuntos intrigantes nos seus disparos para incitar os destinatários a abrirem a mensagem para poderem satisfazer a curiosidade despertada.

Termos como “Você sabia?” ou “Você não vai acreditar” são matadores em despertar a curiosidade dos leitores e aumentar a taxa de abertura de uma newsletter.

10. Crie benefícios exclusivos

Outra forma de fazer com que seus contatos sintam-se especiais é criando benefícios exclusivos, que eles não conseguiriam encontrar em qualquer outro lugar.

Para adotar tal abordagem, abuse de concursos, sorteios, descontos exclusivos e bastidores. Veja o exemplo:

  • [Nome do contato], nós te amamos! 20%OFF só pra você.

Gostou de ficar por dentro das melhores dicas para fazer assuntos de e-mail efetivos? Então assine agora a nossa newsletter e receba as melhores dicas para ter sucesso em suas estratégias!

Avalie este artigo:
Assuntos de email INFALÍVEIS – Os 10 mandamentos!
4.33 (86.67%) 12 votos

ATUALIZAÇÕES GRÁTIS

Cadastre-se abaixo para receber no seu e-mail artigos legais como este!

Gostou? Compartilhe:

15 Comentários

  1. Leopoldo disse:

    Otimas dicas! Vou colocar algumas em prática já! []’s

  2. Marcia disse:

    Adoro o estilo destes textos. Demais! Boas dicas, claro!

  3. Renata disse:

    Sempre com textos excelentes, e ótimas dicas! 😉

  4. Gian Salero disse:

    Imagine, Renata! São seus olhos…
    Muito obrigado pelo comentário.
    E nunca perca esse seu bom gosto, ok? rs
    Um abraço!

  5. Kelly Fonsêca disse:

    Algumas dicas já uso, mas cometia alguns erros que você citou e está sendo muito benéfico para mim . Obrigada!

  6. Catia disse:

    Adorei as dicas e usei muito, tem outros textos acrescentando sobre o mesmo assunto? e-mail marketing

  7. Danilo disse:

    Show de bola, realmente tive sucesso em campanhas graças a essas dicas.

  8. Silvia matt disse:

    Procuro sempre me atualizar e estas dicas são de suma relevância.
    Super Grata

Deixe seu comentário!