Como usar imagem no corpo do email de maneira eficiente?

//Como usar imagem no corpo do email de maneira eficiente?

Como usar imagem no corpo do email de maneira eficiente?

Em muitos departamentos de marketing, a utilização de imagens em e-mails e newsletters é um tópico que gera bastante debate. Gestores mais tradicionais querem incluir o máximo de imagens possível, com o intuito de melhorar a percepção de marca e “seduzir” o cliente.

Do outro lado, os gestores que vieram do marketing digital tendem a minimizar a quantidade de imagens por motivos de entrega e visualização. Então, qual é a forma ideal? Como deve ser utilizada a imagem no corpo do email para atingir os melhores resultados possíveis?

Quais são as melhores práticas nesse tema? O objetivo deste post é justamente responder estas perguntas e auxiliar você a ter e-mails atrativos e com bons resultados. Confira!

Quais são as vantagens e desvantagens de usar imagens no corpo do email?

Conteúdos visuais como imagens e vídeos são fundamentais para o marketing de produtos e serviços. As pessoas sentem mais confiança ao ver o produto; por isso, uma imagem original é muito mais valiosa e importante para o cliente do que qualquer descrição.

Por outro lado, essa técnica pode reduzir a entrega do seu e-mail marketing. A segurança digital hoje em dia é um aspecto muito importante para as empresas.

Por isso, muitos provedores e soluções corporativas têm como política de segurança bloquear ou não exibir as imagens no corpo do email. Alguns vão ao ponto de enviar essas mensagens direto para a caixa de spam. Por isso, encontrar o equilíbrio é tão importante.

Como ter a melhor performance possível com imagem no corpo do email?

Para melhorar a entrega e auxiliar na conversão do cliente, elaboramos a seguir 4 dicas para você utilizar imagem no corpo do email de forma eficiente. Confira!

Utilize as imagens como composição

Nunca envie um e-mail que seja composto por apenas uma imagem, ou seja, uma imagem única no corpo do email que contém o texto e os links. Se o provedor bloquear a exibição da imagem, o cliente não saberá nem sobre o que se trata a mensagem.

Por isso, utilize as imagens como uma composição: sempre escreva os textos em html e utilize as imagens para ilustrar. Dessa forma, você garante que o cliente saiba do que se trata o e-mail mesmo que ele use filtros, pois o texto não é bloqueado para exibição.

Sempre forneça as tags “alt” e “title text”

A tag “alt” é o código html que aparece quando uma imagem não é carregada ou quando é bloqueada. Isso é fundamental para dar ao usuário ainda mais informações sobre o e-mail caso a visualização inicial não seja a completa.

Por sua vez, a tag “title text” representa o texto que aparece quando você coloca o cursor do mouse sobre a imagem. Essa tag pode auxiliar na descrição da imagem ou ainda atuar como mais um CTA, com uma mensagem como “clique aqui para receber a sua promoção”.

Aplique a regra dos terços

Uma boa forma de dividir o espaço entre texto e imagem é considerar que 1/3 do espaço total pode ser ocupado por imagens. Isso auxilia a manter um balanço entre o conteúdo verbal e o visual.

Lembre-se também de que muita imagem no corpo do email significa um arquivo pesado, mais difícil de ser carregado e mais passível de ser considerado como spam.

Não utilize imagens muito grandes

Esse ponto é essencial para minimizar os problemas de entrega do e-mail. Certifique-se de que as imagens estão bem comprimidas, mas sem perder a qualidade visual.

Um bom editor como o Photoshop fornece boas ferramentas para atingir esse objetivo. Colocando essas dicas em prática você utilizará a imagem no corpo do email de forma muito mais eficiente.

Elas são parte importante da estratégia de marketing, mas precisam estar em equilíbrio; afinal, não adianta ter um e-mail atrativo se ele não for visualizado.

Se gostou dessas dicas, assine a nossa newsletter e receba dicas em primeira mão!

Até breve.

2019-02-15T09:08:57+00:00By |Email Templates|4 Comentários

Sobre o Autor:

Analista de Sistemas formado pelo ISES, especialista em E-mail Marketing e criação de templates para e-mail. Criador e mantenedor do blog sobre e-mail marketing (www.emailmarketing.eti.br).

4 Comments

  1. Felipe 20 de setembro de 2017 em 18:41 - Responder

    Parabéns, Felippe! Excelentes dicas.

    • Felippe Bento 25 de setembro de 2017 em 13:33 - Responder

      Felipe, fico feliz que tenha gostado.

      Ótimo poder compartilhar conhecimento!

      Conte comigo. Abraços.

  2. Edmar Junior 20 de setembro de 2017 em 14:52 - Responder

    Muito bom o artigo, parabéns!

    • Felippe Bento 20 de setembro de 2017 em 14:57 - Responder

      Fico feliz que tenha gostado!

      Compartilhe esse conhecimento.

      Abraços,

Deixar Um Comentário

Atendimento online