5 razões para você organizar de uma vez por todas suas bases antes de enviar e-mail marketing

Para começo de conversa, vamos estabelecer alguns pilares básicos que te farão entender de uma vez por todas as razões do porque você deve organizar suas bases antes de enviar e-mail marketing. Partiremos das seguintes premissas já conhecidas:

  1. O e-mail marketing é um dos meios de comunicação mais eficientes e usados nos dias de hoje, com a melhor taxa de ROI (retorno sobre investimento) dentre as opções digitais.
  2. Uma estratégia efetiva de e-mail marketing só é possível se existe uma organização mínima do banco de dados (suas bases) que você utiliza.

Tendo acordado isso com você, te pergunto:

Como está a sua base de contatos? Qual foi a última vez que você fez uma limpeza e/ou organização nela?

A lista de e-mails é sua fonte direta de comunicação com o seu cliente. Logo, ela precisa estar organizada e pronta para sua rotina de e-mail marketing.

Muitas empresas ainda cometem o erro de colocarem todos os e-mails em uma única lista, sem realizar nenhum tipo de separação. Ou utilizam apenas o endereço de e-mail, sem qualquer outra informação dos contatos.

Por conta disso, acabam perdendo a chance de estabelecer uma comunicação assertiva e pessoal com o seu público. Personalização já é a palavra da vez desde 2007, quiçá hoje, dez anos depois.

Por isso que trago hoje 5 dicas de como organizar de uma vez por todas suas bases de e-mail. Confira só:

1 – Separar os contatos por origem te permite enviar menos e melhor

Separar os contatos por origem é compreender que cada e-mail da sua base tem uma história e a forma como o endereço eletrônico de uma pessoa chegou até você deve ser levada em consideração para criação de listas organizadas.

Por exemplo, se você possui uma plataforma e-commerce e esta começando agora a prática do e-mail marketing, o ideal é exportar seus contatos em arquivos minimamente separados em: base de clientes, ou seja, quem já comprou algo de você, e contatos que solicitaram o recebimento de newsletters.

Dessa forma ao invés de enviar tudo para todos você conseguirá atualizar a turma da newsletter e ofertar para quem já comprou e é cliente, disparando menos e melhor.

2 – Saber mais que apenas o e-mail dos seus contatos te aproximará deles

Ao solicitar o cadastro das pessoas no seu site vale a pena saber mais do que apenas o e-mail dos seus contatos. Solicitar no mínimo o nome da pessoa com quem você quer se relacionar é principio básico da boa comunicação e te aproximará dela.

O volume de dados depende muito do local onde esse cadastro é feito. Na compra certamente você precisará de mais informações do que no cadastro dos seus contatos apenas no seu Blog.

No processo de importação ou transferência dessas informações para a sua base de e-mails é importante excluir as colunas ou informações que você não irá aproveitar nos envios do seu e-mail marketing.

É interessante que na lista dos contatos você utilize informações como: nome, sexo, data de nascimento, cidade, estado, CEP e tipo de pessoa (física ou jurídica). Se também possuir dados como a data da última compra ou grupos de interesse por categorias, eles poderão ter grande importância no momento em que decidir fazer a segmentação da sua base.

Está gostando? Cadastre-se para receber mais postagens legais como esta!
Receba por e-mail atualizações do blog, novidades e ofertas.

3 – E-mails com assuntos personalizados são mais uma razão

Além disso, sugiro que você faça em suas listas alguns ajustes que costumam gerar melhor conversão, como por exemplo, separar em uma coluna o sobrenome dos contatos e utilizar apenas o primeiro nome (e claro com apenas a primeira letra maiúscula para o cliente não achar que você está gritando com ele ou que se trata de alguma mensagem suspeita).

De acordo com a Campaign Monitor, e-mails com assuntos personalizados têm 26% mais chances de serem abertos. São ou não mais uma razão?

 

4 – O opt-in é garantia de mais sucesso no seu e-mail marketing

Pedir o opt-in (autorização para recebimento de e-mails) para os contatos que foram adquiridos em eventos, feiras ou reuniões presenciais, é imprescindível.

Caso você não consiga registrar a obtenção do e-mail no local físico onde ele foi adquirido, utilize o recurso do envio de formulários de cadastro por e-mail permitindo que o contato registre digitalmente o interesse real dele em se relacionar com a sua marca.

Isso contribui para garantia de mais sucesso nos envios do seu e-mail marketing. Uma reputação mais qualificada melhora a forma como os provedores de e-mail recebem suas campanhas. Mais mensagens na caixa de entrada, maior conversão!

5 – Trabalhar o desapego é motivo que vai além do e-mail

Você possui muitas bases e deixou de usá-las a mais de 06 meses. Ainda assim acredita que elas podem te ajudar e resolve enviar o seu e-mail marketing, conseguindo menos de 3% de aberturas únicas e um montão de devoluções.  É hora de dizer adeus e trabalhar o desapego!

Realizar envios para listas desatualizadas pode (e muito) prejudicar a reputação de seu remetente, pois muitos endereços de e-mail que eram válidos na época em que conquistou a base hoje podem não existir mais, seja porque um profissional não trabalha mais em uma empresa, ou porque mudou de provedor.

Com isso, ao tentar enviar para e-mails inexistentes, você pode correr o risco de realizar um envio para um endereço que se tornou um Spamtrap, que nada mais é do que uma isca virtual para pegar quem pratica spam, e pode colocar seu domínio em uma Blacklist.

Outra questão é continuar realizando envios para contatos que apesar de terem o e-mail ativo, não demonstram nenhum interesse em suas mensagens. Se você tem esta prática há mais de 6 meses, está na hora de fazer uma limpeza em sua base, separando estes contatos dos engajados e fazer uma última tentativa perguntando a eles o que aconteceu ou oferecendo algum benefício exclusivo para voltarem.

Agregue a sua base apenas os contatos que abrirem esta última chamada e inative os que não abriram a campanha. Desta forma além de ajudar a melhorar a qualidade de seus envios, você ainda vai economizar um dinheiro que pode ser investido em novas estratégias de relacionamento.

É bom para a sua reputação de e-mail marketing e principalmente para o seu bolso!

Outros benefícios em segmentar suas bases de e-mail

Com os seus contatos separados em listas distintas você poderá interagir de forma mais assertiva com cada nicho, enviando, por exemplo, e-books e matérias com dicas apenas para quem se inscreveu no seu Blog e ofertas exclusivas para clientes que realizaram uma compra nas últimas semanas.

É importante destacar que um mesmo contato pode estar em diferentes bases (um cliente pode ter feito uma compra no site e mesmo assim ter se cadastrado para receber News). O importante aqui é o envio de conteúdos adequados para cada tipo de nicho que você tem.

Com informações específicas de seus contatos (nome, sexo, cidade, data de nascimento, etc.) é possível aplicar diversas segmentações e réguas diferentes de envios recorrentes automáticos. É uma ótima prática de e-mail marketing, pois gera maior proximidade com o seu público e aumenta o engajamento.

Portanto, os resultados que você pode atingir com e-mail marketing estão diretamente ligados com a sua forma de organizar suas bases.

 Gostou desse conteúdo? Você também pode conferir o Manual de Boas Práticas de E-mail Marketing.  

Avalie este artigo:
5 razões para você organizar de uma vez por todas suas bases antes de enviar e-mail marketing
5 (100%) 5 votos

ATUALIZAÇÕES GRÁTIS

Cadastre-se abaixo para receber no seu e-mail artigos legais como este!

Gostou? Compartilhe:

Deixe seu comentário!