Como o e-mail marketing pode ajudar a sua equipe de vendas?

//Como o e-mail marketing pode ajudar a sua equipe de vendas?

Como o e-mail marketing pode ajudar a sua equipe de vendas?

Para empresas que o utilizam de maneira adequada, o e-mail marketing sempre foi um poderoso canal de vendas. Seu baixo custo e longo alcance fazem dele uma ferramenta poderosa para quem deseja impulsionar as vendas. Os processos comerciais e de marketing têm evoluído e ganhado novas funções. Com isso, as estratégias nessas duas áreas precisam estar cada vez mais alinhadas.

O e-mail marketing para vendas é um aliado na atração de leads, ou seja, de consumidores potenciais. E atuar para convertê-los é mais produtivo quando os departamentos de vendas e marketing utilizam estratégias conjuntas.

Neste post, mostramos como é possível alinhar os setores de vendas e marketing para obter uma equipe mais produtiva. Acompanhe!

Como é a relação entre marketing e vendas?

O objetivo de vendas deve partir da equipe comercial. Já o marketing é responsável por definir o aspecto promocional e as ações a serem produzidas para alcançar o objetivo comercial — quanto mais claro ele for, melhor para todos. Assim, o marketing atrai e qualifica clientes com conteúdos e estratégias promocionais de e-mail marketing para vendas, por exemplo.

Quando o interessado se torna um lead, é necessária uma validação para definir em qual estágio de compra ele se encontra e, assim, passar as informações adiante para que o departamento comercial finalize a venda. Essa validação evita que os vendedores percam tempo com clientes que ainda não estão prontos para comprar (ou que nem estão interessados). E isso ainda torna os vendedores mais produtivos.

O que são o MQL e o SQL?

Essas são duas fases do processo de validação de um lead. Na fase de leads qualificados de marketing (marketing qualified leads – MQL), é preciso analisar o potencial e a qualidade desses interessados. Isso é feito com base no comportamento, nas interações com os conteúdos enviados, nos downloads, nos cliques e assim por diante.

Além disso, devem ser levadas em consideração as características específicas de cada lead, como empresa em que trabalha, cargo que ocupa, idade, interesses e outras informações relevantes para traçar o perfil de um potencial comprador.

A soma desses atributos resulta em uma pontuação. Dessa forma, é mais fácil avaliar se vale a pena encaminhar uma proposta para esse lead e se realmente há chances de que ele compre ou contrate o produto.

Já na fase de leads qualificados de vendas (sales qualified leads – SQL), os interessados validados e qualificados pelo marketing passam pela avaliação da equipe de vendas. Essa fase é muito importante para o vendedor: com as informações fornecidas pelo marketing, ele é capaz de oferecer uma proposta mais específica e adaptada aos interesses do lead em questão.

Após avaliar e determinar as necessidades do cliente, o departamento de vendas pode encaminhá-lo, de forma mais eficaz e precisa, para o fechamento da compra.

Como funciona o processo de e-mail marketing para vendas?

O e-mail marketing deixou de ser um panfleto digital e passou a ser uma ferramenta de relacionamento com o cliente. Quando a equipe tem um banco de dados com informações sobre os consumidores é mais fácil vender e estreitar laços com eles.

Um lead que não finalizou a compra em determinado momento pode, mais tarde, ser um cliente em potencial se for atingido pela comunicação correta, por exemplo, ou, ainda, depois de amadurecer a ideia de contratar o serviço.

Nesses casos, o e-mail marketing tem o papel de educar e se relacionar com ele, de forma a prepará-lo para consumir o produto. E, claro, também de reter clientes ativos que já conhecem e compram da empresa.

Baixo custo de implementação

As ferramentas de e-mail marketing costumam ter um custo baixo em relação a seu retorno. Quando se trabalha com leads qualificados, os resultados são ainda melhores. Quem está iniciando nessa área, pode optar por uma ferramenta que ofereça um teste gratuito, como forma de conhecer as funcionalidades da solução e tomar a melhor decisão de acordo com seus objetivos.

Aumente o alcance de suas campanhas

Com uma ferramenta de e-mail marketing, o esforço para enviar 10 ou 100 e-mails é praticamente o mesmo. Dessa forma, é possível atingir mais clientes com o mesmo esforço. Segmente-os em grupos de acordo com seus interesses e perfis e crie ações pensadas para cada grupo.

Envie e-mails apenas para quem deseja recebê-los

Não adianta enviar um e-mail de vendas para quem ainda não está preparado para comprar o produto. É importante entender o perfil de cada lead e adaptar as ações para cada um individualmente.

Clientes não interessados podem denunciar seus e-mails como spam e prejudicar sua reputação, de forma a fazer que as mensagens sejam entregues para uma quantidade cada vez menor de usuários

Converse com clientes que se interessam pelo seu material

Engajar clientes é importante para as vendas. Consumidores interessados nos seus conteúdos, que abrem e clicam em seus e-mails, vão confiar e recomendar cada vez mais os seus produtos.

Crie um relacionamento duradouro com os clientes

Se o cliente interage com suas campanhas, ótimo! Continue enviando ações personalizadas de acordo com os interesses dele. O ideal é que isso ocorra de maneira natural, para que ele seja capaz de entender suas demandas com o envio de materiais e ofertas.

Faça ofertas relevantes

O objetivo final do departamento de vendas é vender mais. Com o e-mail marketing para vendas é possível fazer mais e melhor com a segmentação correta. Por isso, é essencial segmentar o público, entender suas necessidades e enviar ofertas adequadas ao momento e ao interesse dele.

Saiba o que deu certo e conserte o que não funcionou

A grande vantagem do marketing digital é a possibilidade de mensurar e obter resultados em tempo real. Após seus envios, é possível obter relatórios e descobrir quais campanhas obtiveram melhores resultados para optar por quais estratégias adotar. O mais importante ao utilizar o e-mail marketing para vendas é definir os objetivos e, a partir disso, avaliar como o ele se encaixa na estratégia escolhida.

Quer começar a utilizar uma ferramenta de e-mail marketing agora mesmo?

Entre em contato conosco e saiba mais!

2019-02-22T17:03:06+00:00By |Estratégia|0 Comentários

Sobre o Autor:

Analista de Sistemas formado pelo ISES, especialista em E-mail Marketing e criação de templates para e-mail. Criador e mantenedor do blog sobre e-mail marketing (www.emailmarketing.eti.br).

Deixar Um Comentário

Atendimento online