Afinal, como os spammers conseguem meus e-mails?

Quem nunca se perguntou: como os spammers conseguem meus e-mails? E se eu te disser que em alguns casos é você mesmo quem fornece os e-mails. =°/

E não preciso ir muito longe pra te mostrar como:

Se lembra daquele banner com uma super oferta ou alguma newsletter que você assinou, sem reparar que dava permissão ao site para fornecer seus e-mails para os parceiros dele?

Pois é, muitas vezes fornecemos nossos e-mails para realização de um cadastro e não prestamos atenção de que autorizamos também que ele seja utilizado por empresas parceiras daquele site. Já fiz isso muitas vezes. #quemnunca

O que eu posso dizer é que spammers utilizam, dentre outras técnicas, essa que contei acima, e conseguem nossos e-mails a partir de uma autorização dada, ou seja, por nós mesmos.

Confira abaixo outras 3 formas mais comuns e bem menos amigáveis de como os spammers conseguem os seus e-mails:

Extrator de e-mails: um clássico dos spammers

O extrator de e-mails é um clássico dos spammers. Ele nada mais é do que um software que vasculha sites, fóruns, bate papos e arquivos na internet procurando por endereços de e-mails. É bem comum esse tipo de recurso.

Ao localizar essas informações, o robô (software) extrai esses dados e começa a construir uma lista. Essa prática é ilegal, como consta no próprio Marco Civil da Internet.

Para saber como construir a sua própria lista de e-mails, dentro das boas praticas de e-mail marketing e de maneira orgânica, confira o nosso E-book Gratuito: Como captar novos contatos.

Geradores de e-mails

Os geradores de e-mails são softwares utilizados para, como diz o próprio nome, gerar e-mails.

O spammer digita um nome, por exemplo, André, e seleciona os domínios como @gmail.com, @hotmail e etc, e o software gera e-mails com esses domínios e o nome da pessoa. Dá pra acreditar?

Usando o exemplo acima, o resultado ficaria mais ou menos assim: aandre@gmail.com, aandre@hotmail.com, abandre@gmail.com e assim por diante.

Isso é péssimo para uma estratégia de e-mail marketing baseada nas boas práticas de e-mail marketing, mas o fato é que às vezes, por azar, o seu e-mail pode ser um desses criados. =o(

Comércio ilegal de e-mails

Você não precisa ir muito longe do centro de São Paulo para encontrar empresas que praticam o comércio ilegal de e-mails e vendem um CD ou um arquivo com milhões de endereços de e-mails, sendo que o seu pode ser um deles.

Por mais que você só se cadastre em locais de seu interesse, em algum momento você irá receber um spam, pois algum desses locais que se cadastrou pode, erradamente, ter repassado seu e-mail ou trocado com outras empresas.

Utilizar listas compradas e bancos de e-mails sem que você tenha conhecimento da origem acaba com a sua reputação de envios, por isso NUNCA FAÇA ISSO.

Está gostando? Cadastre-se para receber mais postagens legais como esta!
Receba por e-mail atualizações do blog, novidades e ofertas.

Como descobrir quem anda repassando seus e-mails?

Isso não irá acabar com o envio de spam, mas pelo menos irá ajudar você a descobrir quem anda repassando seus e-mails.

Em minhas andanças pela internet me deparei com uma sugestão fantástica de um integrante de um fórum sobre mídia social. A dica é bem simples, vamos lá:

Quando for se cadastrar em algum site você pode usar o sufixo (+) antes do @ no endereço de seu e-mail, incluindo o nome do local onde esta inserindo as suas informações.

Por exemplo: ao invés de cadastrar o e-mail contatodozezinho@gmail.com, você usará: contatodozezinho+SITECADASTRADO@gmail.com.

Pois bem, alguns servidores como Gmail, Outlook.com, Yahoo! e Terra ignoram o sufixo “+” nos e-mails. Ao receber uma mensagem você saberá que é do site que se cadastrou, veja na imagem abaixo que aparecerá para você o nome do local onde você realizou seu cadastro depois do sufixo (+):

Desse modo você conseguirá descobrir quem anda repassando seus e-mails. Você poderá fazer isso com todos os sites em que se cadastrar, dando o nome de cada um. Depois conseguirá criar filtros e pastas para as mensagens recebidas neste e-mail. Não é o máximo?

Ao receber uma mensagem no <email+SITECADASTRADO@gmail.com> vinda de outro local você saberá qual o site em si que está repassando o seu endereço de e-mail. #vergonha

Pode ser um pouco trabalhoso, concordo, mas se você sofre muito com spam, vale a pena o esforço.

Afinal, você poderá se descadastrar dos sites que praticam a venda e troca de contatos, reduzindo assim o problema.

Saiba como evitar que seu e-mail vá para o spam do seu cliente.

Se gostou, compartilha com os amigos e deixe seu comentário logo abaixo. #chegadespam

Avalie este artigo:
Afinal, como os spammers conseguem meus e-mails?
4.5 (90%) 8 votos

ATUALIZAÇÕES GRÁTIS

Cadastre-se abaixo para receber no seu e-mail artigos legais como este!

Gostou? Compartilhe:

2 Comentários

  1. jose frechou disse:

    André, se veres site “portalprojetoaleria.org” verás a razão de querermos extrair os emails de milhares de pessoas que nos contatam pelo face. Estamos programando umas campanhas de crowdfunding e estes mails são importantes por serem em 99% de musicos que vão ajudar o programa, em risco de fechar. Procurando na internet quem nos ajude indicando um site online que seja facil de usar encontramos você. Então, podes nos ajudar?

    • Bárbara Silva disse:

      Oi José tudo bem?

      Nossa ferramenta não exerce isso porque não está de acordo com as boas práticas de e-mail marketing. Sugiro que você crie sua própria lista de contatos com autorização da pessoa que se cadastrar para receber e-mails. Essa prática evita que seus e-mails caiam na caixa de spam e sua reputação seja prejudicada. Para esclarecer melhor baixe esse e-Book e aprenda “Como Captar Novos Contatos” de maneira adequada: Acesse esse link: http://mediapost.email/45af5

      Se você quiser se interar mais sobre o assunto, em nosso blog temos muitos materiais a respeito de listas de contatos, reputação e e-mail marketing.

      Qualquer dúvida estou à disposição.

      Espero ter ajudado,
      Abraços!

Deixe seu comentário!