Internet deve abocanhar 6,5% do bolo publicitário em 2011

Internet deve abocanhar 6,5% do bolo publicitário em 2011

De acordo com uma previsão do IAB Brasil, o meio digital deve crescer 25% em receita e alcançar faturamento de R$ 1,5 bilhão. Em 2010, o crescimento foi de 30%. Os dados foram apresentados hoje em um encontro em São Paulo.

Assim, a internet deve passar a representar 6,5% do que é investido na mídia brasileira. Hoje, o meio está à frente do rádio e da TV paga em investimento e, se mantiver o ritmo, passará a ameaçar revistas e jornais em breve.

Nos próximos anos, a entidade prevê que o digital passe a ter de 15% a 20% do bolo publicitário. Segundo o IAB, os dados coletados não incluem ganhos com o modelo de links patrocinados, do Google, ou a propaganda feita em redes sociais.

Para o IAB, 2010 foi o ano da consolidação da internet. Redes sociais, o fenômeno dos sites de compras coletivas e o e-commerce foram o destaque – o comércio eletrônico faturou R$ 7 bilhões durante o ano.

O encontro também abordou a massificação dos telefones celulares e o crescente acesso móvel à web. Das cerca de 200 linhas de celulares no Brasil, 80 milhões já se conectam à rede, sendo que 14 milhões de aparelhos já têm acesso 3G. De acordo com os dados mostrados, a ordem do interesse do usuário de internet móvel é: redes sociais, e-mail, buscas e jornalismo.

Avalie este artigo:
Avalie este artigo

ATUALIZAÇÕES GRÁTIS

Cadastre-se abaixo para receber no seu e-mail artigos legais como este!

Gostou? Compartilhe:

Deixe seu comentário!