Cresce a prática de spam em celulares e dispositivos móveis

Cresce a prática de spam em celulares e dispositivos móveis

@MediaPost Sem comentários Mobile

O spam por mensagens de texto está se tornando uma prática cada vez mais frequente como “ação de marketing” dentre as empresas de diversos ramos. Esta prática se caracteriza pela mensagem não solicitada pelo usuário e geralmente carrega informação sobre descontos, promoções, pedidos de mobilização ou outras informações que são irrelevantes para quem está recebendo.

O SMS é uma ferramenta pessoal e que está presente diariamente com as pessoas. Desta forma, é um meio rápido e eficiente de se comunicar. No entanto, estas pessoas esperam receber em seus celulares informações relevantes e de seu interesse. Ninguém gosta de ser interrompido ou até mesmo acordado por uma mensagem de texto que não é do seu interesse. E é exatamente isso que faz o spam, agora por mensagens de texto.
O que se pode ver então são inúmeras reclamações que são direcionadas desde às operadoras quanto às empresas que estão enviando estas mensagens. Estas reclamações só afetam a imagem das operadoras e das empresas que enviam estas promoções, como ocorreu nas últimas eleições em que milhares de usuários receberam mensagens sobre as campanhas de candidatos no celular, colocando em dúvida a segurança das informações das operadoras.
As empresas devem conhecer seus consumidores e principalmente conhecer o que estes querem. Além de atrair, as empresas devem saber fidelizar estes consumidores. O que se observa é que enviar mensagens com conteúdos que não interessam aos usuários só acarreta em uma antipatia pela empresa.
Segundo a ANATEL, “a prestadora só pode enviar mensagens publicitárias se o cliente houver consentido previamente em receber esse tipo de comunicação”, além de que todos os usuários devem ter o direito de cancelar o recebimento de spam nos seus celulares, pois se trata de uma questão de privacidade.

O SMS possui diversas formas de utilização que visam agregar valor para a empresa e fornecer informação ao usuário. Umas das formas para que ferramenta seja utilizada de maneira correta é através da construção da ação com orientação de uma empresa homologada e a validação das mensagens diretamente com a operadora.

Com informações de Blogmídia
Avalie este artigo:
Avalie este artigo

ATUALIZAÇÕES GRÁTIS

Cadastre-se abaixo para receber no seu e-mail artigos legais como este!

Gostou? Compartilhe:

Deixe seu comentário!