Apple envia peças para montar iPad no Brasil

Apple envia peças para montar iPad no Brasil

O debate em torno da vinda da Apple ao Brasil agora se restringe apenas à decisão sobre o local em que a fábrica será instalada. Reportagem de Camila Fusco para a Folha de S.Paulo revela que a empresa já liberou contêineres com componentes necessários para a fabricação do iPad, e que deverão desembarcar por aqui dentro de dois meses.

Serão montados apenas algumas unidades com esse lote de componentes. Mas a Apple realizou um estudo e constatou que há demanda de pelo menos 5 mil tablets por mês no Brasil.

O tempo de viagem das peças é o mesmo necessário para que o governo acerte quais incentivos fiscais serão aplicados. A companhia poderia, por exemplo, ser beneficiada com a classificação dos tablets como computadores, o que geraria redução de PIS e Cofins em 9,25%.

Além disso, os próprios Estados têm poder para baixar mais ainda os valores finais, com a redução de ICMS – que hoje chega a 33% na cadeia de distribuição.

O Estado mais propenso a receber a linha da Apple é São Paulo, que abriga, em Jundiaí e Indaiatuba, fábricas da Foxcomm (montadora chinesa dos produtos da companhia). O governo local já oferece incentivos fiscais, como redução da alíquota de ICMS para eletrônicos de 18% para 7%, isenção de IPI, entre outros.

Mas caso a Apple venha para o Brasil como exportadora para a América Latina, ganhará ainda outros benefícios, já previstos em âmbito federal. “Esses incentivos combinados para a importação de máquinas e equipamentos poderiam permitir corte de preços de até 40% no preço do tablet”, dise à Folha Julio Semeghini, secretário de Gestão Pública de São Paulo.

Com informações de AdNews

Avalie este artigo:
Avalie este artigo

ATUALIZAÇÕES GRÁTIS

Cadastre-se abaixo para receber no seu e-mail artigos legais como este!

Gostou? Compartilhe:

Deixe seu comentário!